top of page

O amor perdura no tempo

O amor, alguém o saberá definir?

Camões tentou "Amor é fogo que arde sem se ver...".

No quinto centenário do nascimento de Luís de Camões, e a propósito do dia de S. Valentim, o poeta João Rios declamou poemas aos nossos alunos no polivalente da nossa escola sobre o amor. No 15 de fevereiro, as alunas Leonor Silva, do 9ºA, e Matilde Pereira, do 9ºB, leram para os colegas e professores o soneto de Camões "Amor é fogo que arde sem se ver...", trabalhado na Oficina de Leitura e Escrita. Na BE @brirlivros o momento foi assinalado pelos alunos de Português Língua Não Materna (PLNM) com a leitura de vários sonetos do poeta.


Professora Daniela Barca



60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page