top of page

Camões "invade" salas de aula na Semana da Leitura



No dia 20 de março de 2024, eu e a Matilde Pereira do 9º B levamos para as salas de aula o livro “Versos e alguma prosa de Luís de Camões” onde a poesia teve um papel de destaque, com a leitura do poema “Amor é um fogo que arde sem se ver” para os alunos do 5ºA e do 5ºD e das turmas do 8º e 9º anos de escolaridade com os respetivos professores. De seguida, dinamizamos atividades relacionadas com o tema do poema:  Amor, Camões e a Semana da Leitura.

A Semana da Leitura é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura 2027, que conta com a parceria da Rede de Bibliotecas Escolares e da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas, e destina-se a celebrar e incentivar o prazer de ler, com múltiplas atividades festivas que promovam a leitura e o encontro entre os livros e os seus leitores, em contexto de sala de aula, nas bibliotecas escolares, nas bibliotecas públicas e  noutros espaços que se disponham a colaborar. Neste ano, a Semana da Leitura decorreu entre 18 e 24 de Março e esta iniciativa foi também uma oportunidade para iniciar as comemorações do 5º Centenário do Nascimento de Luís de Camões que, oficialmente, terão início a 10 de junho, prolongando-se, por um ano, até 10 de junho de 2025, Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

Consoante as características da turma, selecionamos diferentes atividades. Sugerimos a elaboração de ilustrações relacionadas com a temática da leitura, em que os alunos transmitiram o que o texto lido significava para eles, expressando quer em palavras, quer em desenhos, enquanto outros retrataram o seu livro favorito e sobre ele escreveram um breve poema.

Outra atividade realizada foi, no seguimento do tema do poema lido de Luís Vaz de Camões, a escrita do termo “Amor” no quadro, em que os alunos foram desafiados a lançar palavras relacionadas com esta temática. Em algumas turmas, depois de lermos o soneto, pedimos voluntários para escolherem e lerem um dos poemas de Luís Vaz de Camões.

As pessoas, em geral, esquecem-se de elogiar e gostam de criticar.

Alguém sabe o que vai na cabeça de cada um? Decidimos, portanto, fazer uma atividade de elogios. De forma anónima para uma pessoa anónima, com o intuito de destacar as qualidades que admiram nos seus colegas, escreveram num papel um elogio.

Relacionado com a Semana da Leitura, propusemos a construção de um marcador de livros, para nunca esquecerem esta semana e também com o objetivo de poderem marcar a página de um livro que se encontram a ler.

Realizamos ainda, noutras turmas, um jogo para criar uma pequena história com sentido, em que cada aluno mencionava uma palavra e, numa turma, apresentamos um Quizizz sobre o soneto lido anteriormente, “Amor é um fogo que arde sem se ver”, com o intuito de envolver todos os alunos.

Eu e a Matilde gostamos muito desta atividade, tendo sido uma experiência nova e enriquecedora. Esperamos que tenha sido inspiradora para os alunos da escola, para que, no próximo ano, sejam

eles a dinamizar atividades deste género.

Os trabalhos realizados encontram-se expostos na Biblioteca Escolar @brirlivros.

 

Leonor Silva 9ºA

97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page